Missile Command #7: Montagem da Eletrônica

Concluído o processo de remontagem do conjunto de força do Missile Command, o maior desafio estava por vir: a montagem da eletrônica no gabinete restaurado. Seguramente, esta foi a etapa mais árdua até então, pois eu nunca tinha feito a remontagem completa de um arcade antes.

Atari Missile Command Cocktail Harness
O chicote: por onde começar?

A complexidade do chicote da máquina dá uma ideia: localizar os conectores molex em seus devidos lugares não chega a ser um problema, porém existem diversos conectores elétricos padronizados para serem conectados aos botões e controles – e qualquer erro pode resultar no mau funcionamento do arcade.

Atari Missile Command Cocktail Harness - Generic Connectors
Conectores genéricos não podem ser trocados de lugar

O que ajudou muito neste trabalho, conforme mencionei no post de desmontagem da eletrônica, foi tirar fotos de cada parte do mecanismo, visando preservar a originalidade sempre que possível.

Algumas melhorias foram realizadas durante o processo de montagem. Uma delas, por exemplo, foi no chicote que conecta o monitor: como neste arcade o proprietário anterior realizou a substituição do tubo, os cabos sofreram emendas com conectores comumente utilizados nos Estados Unidos pela sua praticidade. Porém, tanto para efeito estético como de segurança da instalação, eu não gosto de utilizar estes componentes. Substituí todos eles por conectores barra, que proporcionam um visual mais limpo e uma conexão sólida.

Outra parte aperfeiçoada foi a fixação dos chicotes. No arcade original, lacres são presos ao gabinete através de grampeadores de pressão, o que evidentemente não é ideal para um processo de manutenção. Os grampos foram retirados e a fixação foi realizada através de anéis plásticos parafusados ao gabinete. Este tipo de acessório foi bastante difícil de localizar no Brasil e, ainda assim, não consegui adquirir os modelos de silicone que eram originalmente utilizados na época.

Por fim, toda a eletrônica foi montada com sucesso:

Atari Missile Command Arcade Cocktail Harness -  Electronics

O primeiro teste de funcionamento foi realizado sem a ligação do monitor:

Monitor e Tubo: a Fixação Adequada

Conforme mencionado anteriormente, este arcade Missile Command teve o tubo substituído pelo antigo proprietário, e o resultado não ficou bom. Foram realizados recortes na moldura do gabinete e, ainda por cima, o tubo foi encostado no transformador do bloco de força, amassando a parte superior:

Como parte da restauração, esse defeito foi corrigido: utilizando pequenas barras de madeira, levantei o monitor cerca de 1cm, o suficiente para permitir uma fixação sólida e homogênea na moldura de madeira, além de afastá-lo das partes metálicas:

O resultado final do esforço de montagem, com eletrônica mais monitor e tubo, pode ser resumido nesta foto:

Atari Missile Command Arcade Cocktail Harness -  Electronics

O Desafio dos Parafusos em Polegadas e Milímetros

A unidade de medida no Brasil é métrica e, por consequência, os parafusos são fabricados com medidas em milímetros, enquanto nos Estados Unidos é adotado o regime Imperial, com medição em polegadas. As ferramentas comercializadas no Brasil também são fabricadas para operação no sistema métrico.

Esta diferença pode parecer insignificante na maior parte dos casos, entretanto há ocasiões em que um parafuso pode estar muito apertado ou ser fixado em rosca metálica. Nessas situações, a diferença vem à tona e pode até mesmo impossibilitar a realização do serviço.

Em um trabalho de restauração razoavelmente complexo como este, é incrível perceber o tempo perdido por causa de um único parafuso faltante, cuja medida não havia disponível para substituição no mercado. O parafuso em questão é um dos quatro que fazem a fixação do painel de controle. Naturalmente, o fato de o parafuso ter a cabeça sextavada dificulta ainda mais encontrá-lo:

Arcade Missile Command - Cocktail - Atari - Control Panel
Painel de controle com um dos parafusos de fixação faltando

Este parafuso é de uma medida bastante específica e sua fixação se dá por dentro do gabinete, através de uma rosca metálica que é fixada diretamente na madeira. A rosca até pode ser substituída, porém, uma vez que já foi inserida no gabinete, sua troca vai ocasionar o estrago de parte da madeira e apresentar um acabamento que está longe do ideal.

A diferença é de poucos milímetros, mas o suficiente para impedir a fixação do parafuso comumente disponível no Brasil:

Esta situação foi resolvida ao final do processo da restauração, após eu procurar em diversas casas especializadas. Em determinado momento, encontrei um parafuso com a mesma medida de rosca, em polegadas, porém um pouco mais curto no comprimento. Como a rosca metálica se aprofunda ligeiramente na madeira, foi possível conseguir a fixação.

Este post é parte de uma série. Os capítulos anteriores são: 00 – Post Introdutório: A Única Forma de Jogar, 01 – A Chegada do Modelo Cocktail, 02 – Trackball: Um Controle Muito Especial, 03 – Multigame + High Score Save, 04 – Desmontagem Completa da Eletrônica, 05 – Restauração Completa do Gabinete e 06 – Zincagem e Restauração do Conjunto de Força.

O próximo post é o 08 – Trackball Iluminada x Trackball Original.

Conheça o passo a passo da restauração do Missile Command Cocktail, arcade da Atari, através do índice dos capítulos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *