Arquivos do Mês: agosto 2013

Categorias: Cotidiano

O Bom Fornecedor é Aquele que Resolve os Problemas

Muitos consumidores e empresários consideram, erroneamente, que o bom fornecedor é aquele que nunca apresenta problemas. Porém, eles mal sabem o quão longe isso está da verdade. Afinal, todos erram e, se uma empresa que presta serviços ou fornece produtos com regularidade (portanto, um fornecedor) nunca errou, você nunca saberá qual será a atitude dela quando isso acontecer.

Para exemplificar o caso, vamos considerar a revista semestral da Magic Web Design, chamada de Ynternet.

Ynternet: A Revista da Magic Web Design - AntonioBorba.com

Com uma tiragem de 1.000 exemplares e sofisticado acabamento, ela é enviada para clientes e prospects da Rede Magic, sendo uma importante fonte para os cases da empresa. Sua impressão está longe de ser simples.

Para a primeira edição da revista, utilizamos um fornecedor considerado de muita qualidade e que, além de já ter fornecido diversos materiais gráficos, era nosso cliente. Gabava-se de seus inúmeros prêmios, porém entregou os 1.000 exemplares com sérios defeitos no acabamento UV, além de cores fracas e inconsistentes. Em resumo, bem abaixo do padrão de qualidade que esperávamos.

Ao ser confrontado sobre o acontecido, o fornecedor usou todos os argumentos de defesa para negar o problema, agiu como um empresário que pensa pequeno e demonstrou ser um verdadeiro perdedor. Pois bem, sem discussão, pagamos pela tiragem e nunca mais fizemos negócios com a empresa.

Nas próximas edições, mudamos de fornecedor e a qualidade melhorou sensivelmente. Hoje temos um material gráfico de altíssima qualidade, que representa muito bem o portfolio da Magic Web Design. E os problemas, acabaram? (mais…)

2 comentários em O Bom Fornecedor é Aquele que Resolve os Problemas
Categorias: Atari

Atari: O Manual Mais Resumido do Mundo

Pac-Man é certamente um dos cartuchos mais comuns já produzidos para o videogame Atari 2600. Diz a história que os “gênios” por trás da Atari na época (possivelmente após a aquisição pela Warner) fabricaram mais cartuchos do que a quantidade de consoles existentes no mercado, seja qual for a lógica por trás disso.

Isso foi nos Estados Unidos, onde o desenvolvedor do jogo detinha seus direitos autorais. Porém, no Brasil de 1980 a história foi um pouco diferente. Cartuchos brasileiros, devido à pirataria que imperava na época (por falta de lei de patentes), foram fabricados indiscriminadamente por uma grande quantidade de marcas. O que na época era um absurdo sob o ponto de vista de direito à propriedade intelectual, hoje em dia é uma maravilha em termos de colecionismo. Afinal, River Raid, Enduro e outros títulos comuns podem ser colecionados a partir de dúzias de fabricantes diferentes, cada qual com seu rótulo ou label que afere valor para uma coleção de videogames.

Até que, recentemente, comprei o Pac-Man nacional da marca Zirok:

Pac-Man Atari 2600 da Marca Zirok - Cartucho - AntonioBorba.com

Aparentemente um cartucho comum, mas na verdade um item raríssimo a partir do momento em que consegui comprá-lo completo na caixa: (mais…)

2 comentários em Atari: O Manual Mais Resumido do Mundo
Categorias: Cotidiano

My Father by This Mortal Coil

Em homenagem ao Dia dos Pais, resolvi publicar uma música do This Mortal Coil, uma banda pouco conhecida. Já foi classificada como Ethereal Goth, depois mudaram para Gothic Dream Pop.

A letra é contada a partir de um ponto de vista feminino, fazendo uma ponte entre a vida nos Estados Unidos e na Europa.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=ea8azaTx9VI[/youtube]

My father always promised us that we would live in France.
We’d go boating on the Seine
and I would learn to dance.
We lived in Ohio then.
He worked in the mines.
All his dreams, like boats
we knew We’d sail in time.
My sister’s all grew up and went away,
to Denver and Cheyenne.
Marrying their grown up dreams, the lilacs and the man.
I stayed behind, the youngest still only danced alone.
Hoping…
Hoping…
that my father’s dreams would someday take me home.
I live in Paris now, my children dance and dream.
Hearing the ways of a miner’s life,
In words they never say.
I sail my memories of home,
Like boats across the Seine.
And watch my father’s eyes…
watching the setting sun…
set in my father’s eyes again

(mais…)

Tags:
comentar/ver comentáros

Outros Posts:

05/07/2012

40 Anos de Atari e Entrevista ao SBT

A marca Atari fez 40 anos recentemente (o videogame tem cerca de 35) e foi muito lembrada nos meios de comunicação. Afinal, o nome que encantou gerações, lançando máquinas de arcade como Pong, Asteroids e inúmeras outras, entrou definitivamente na história ao consolidar seu aparelho domésti ...

Saiba Mais

28/07/2014

VENDIDO: Atari 2600 Polyvox-S com River Raid, Pac-Man e Freeway

UPDATE: estes itens foram vendidos. Confira outros lotes de videogames à venda ou entre em contato em caso de interesse. Este é um Atari 2600-S, modelo nacional da Polyvox que possui os joysticks fixos. O diferencial deste console é a praticidade - sua fonte é embutida, basta ligar na toma ...

Saiba Mais