Arquivos do Mês: dezembro 2011

Categorias: Comportamento

Você Viveria Bem em um Mundo Perfeito?

Existe um Mundo Perfeito? AntonioBorba.comO fim do ano se aproxima e para muitas pessoas é uma época para rever o período, planejar metas e desejar um ano melhor. Melhor? Sim, pois quase sempre queremos algo a mais do que temos. Faz parte do impulso do ser humano e pode ser bom. Entretanto, percebo uma divisão nítida no perfil de pessoas que desejam alçar esse degrau.

O ambicioso deseja a mudança através da evolução, seja ela pessoal, financeira, profissional, espiritual ou qualquer combinação entre elas (ambição desmedida leva à ganância, mas isso fica para outro post). Esse perfil ambicioso, podemos chamar de otimista. (mais…)

1 comentário em Você Viveria Bem em um Mundo Perfeito?
Categorias: Cotidiano

Nós Temos o Poder da Escolha?

Nós Temos o Poder da Escolha? AntonioBorba.comComo bom fã de Roger Waters (ex-vocalista do Pink Floyd), eu já analisei e interpretei todas as suas letras. Uma delas em particular me chama muito atenção. É um trecho de “It’s a Miracle“:

We’ve got Mercedes
We’ve got Porsche
Ferrari and Rolls Royce
Yeah we’ve got choice

Waters quer dizer nesse trecho que, na verdade, não temos muita escolha. Todas as opções acima significam se render ao consumismo que cerca nosso mundo. Nossa opção (em 99% das vezes) não se resume a escolher entre usar carro ou andar a pé, mas sim que marca de carro comprar. (mais…)

comentar/ver comentáros

Outros Posts:

08/02/2012

Teoria Conspiratória: Facebook e o Governo Norte-Americano

O Facebook completou 8 anos e pode valer 100 bilhões de dólares. As notícias correm na mídia, o Magic Blog publicou uma retrospectiva da história da rede social e a Revista Veja desta semana colocou Mark Zuckerberg na capa. Quando uma empresa é onipresente e assunto constante na pauta de mi ...

Saiba Mais

17/01/2012

“Desviciando” do Facebook

É redundante dizer que Mark Zuckerberg foi muito inteligente ao criar o Facebook. E, como as mídias sociais fazem parte do meu trabalho, costumo analisar os aspectos que levam as pessoas a utilizarem avidamente os novos recursos. Mais precisamente, sempre me pergunto "por que esse produto fez ...

Saiba Mais