Categorias: Borba's Bar

Rose’s Shaken – Caipirinha em Forma de Cocktail

Rose's Shaken Cocktail - AntonioBorba.comOs americanos sempre têm um segredinho para as coisas. Entre em um Fast Food de melhor padrão como TGI Friday’s, Hooters, Outback ou Rain Forest Cafe e perceba, que além do encantamento no visual, há um sabor “a mais” nas comidas e nas bebidas. Sempre que eu tomava uma caipirinha ou cocktail saboroso eu pensava por que não conseguia reproduzir o mesmo gosto nos meus drinks.

A resposta é: essência. Há essências de vários sabores, geralmente ligados a frutas. O sabor intenso e levemente artificial das mesmas pode ser a “cereja no topo”. E foi assim que consegui criar uma caipirinha saborosíssima que considero entre as melhores que já tomei.

Rose's Shaken Ingredientes - Level, Rose's Lime - AntonioBorba.comRose’s Shaken

2 doses de vodca

1/2 dose de Rose’s Lime

1 limão fatiado

açúcar a gosto

Antes de falar sobre o preparo, convém explicar um pouco melhor sobre os ingredientes. O segredo de uma boa caipira sempre começa pela escolha da vodca, e a minha favorita é a Level, uma linha premium dos mesmos fabricantes da Absolut. A Level deixa a caipira com um gosto muito mais suave, mas você pode escolher a vodca de sua preferência, contanto que seja natural e não de sabores como limão ou vanilla.

Rose’s é o nome desta essência conceituadíssima, preferida entre os bartenders americanos. E Rose’s Lime (ou Rose’s Sweetened Lime Juice) é a essência clássica, com sabor pronunciado e inconfundível. Dificilmente você irá achar esta essência no Brasil, então é possível experimentar com similares como Monin e outras, apenas lembre que em inglês lime=limão Tahiti (o que queremos), enquanto lemon=limão siciliano (outra coisa).

Rose's Shaken - limão fatiado - AntonioBorba.comEssa caipira é uma variação mais rápida e prática de fazer. Ao invés de macerar o limão como na caipira tradicional, ele deve ser cortado em fatias finas como nesta foto, utilizando uma faca bem afiada.

O maceramento do limão nesta modalidade de capira será feito através do gelo em uma coqueteleira, por isso é importante cortar e separar as fatias para que o gelo possa agir sobre o limão.

Coloque em uma coqueteleira o limão cortado, a vodca, a essência e vários cubos de gelo (4 a 5 aproximadamente), conforme a imagem a seguir.

O açúcar deve ser adicionado também. Como em qualquer cocktail, açúcar é uma questão de gosto e deve ser adicionado conforme quem vai beber.

Rose's Shaken - coqueteleira - AntonioBorba.com

Há pessoas que não gostam de drinks doces, e o açúcar pode ser reduzido a um mínimo ou até mesmo excluído da receita.

Outras pessoas preferem drinks mais doces, então o açúcar pode ser mantido até o máximo recomendado pelo autor. No caso desta caipirinha, eu não recomendo mais do que uma colher de sopa, pois ao batê-la na coqueteleira, o açúcar será muito bem misturado à bebida.

Para finalizar o cocktail, basta bater por alguns segundos até que a coqueteleira esteja bem gelada. Recomendo que a mistura seja batida com força para que o gelo macere bem o limão e produza a bebida perfeita.

 

 

 

O resultado final deve ser parecido com este: uma caipira de consistência leitosa, menos cristalina do que uma caipira tradicional. E com um sabor incomparável.

 Rose's Shaken Cocktail - AntonioBorba.com

Se você preparou a sua Rose’s Shaken com outra essência que não seja a Rose’s, deixe um comentário contando como ficou!

comentar/ver comentáros

Outros Posts:

27/03/2013

Atari Flashback 1 a 4 – Review Definitivo

Atari Flashback representa uma série de consoles dedicados lançados pela Atari a partir de 2004, aproveitando a grande era retrô/vintage que renasceu com muita força no novo milênio. Após constatar que havia uma grande geração órfã e carente de reviver os sentimentos nostálgicos dos video ...

Saiba Mais

25/06/2015

America’s not a country. It’s just a business.

SPOILER ALERT. Este post conta o final do filme "O Homem da Máfia". Sem dúvida, este só pode ser um dos melhores fechamentos de filme da história. Estava eu sonolento, assistindo "O Homem da Máfia" (Killing Them Softly), filme de 2012, quando, de repente, me deparo com este diálogo ...

Saiba Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*