Categorias: Atari

Rally Racer: o Segundo Jogo Brasileiro para o Atari 2600


Em 2016, eu escrevi sobre o primeiro homebrew brasileiro para o Atari 2600, “A New Marauder”. Trata-se de um jogo programado nos dias atuais para o saudoso Atari, um videogame da década de 80.

Pode parecer surpresa para muitas pessoas saber que, em 2020, ainda temos pessoas dedicadas a desenvolver novos games para um videogame com mais de 40 anos de idade, mas é justamente isso que a equipe brazuca da More Work Games se propôs a fazer – mais uma vez.

Rally Racer, jogo de Atari 2600 da More Work Games - AntonioBorba.com

Rally Racer é um jogo de corrida que pode ser chamado como o sucessor do Enduro. Os elementos estão ali – a busca frenética por completar o dia (ou a noite), enquanto desvia de outros carros sob a pressão de tempo limitado.

Muito mais do que um Enduro

Rally Racer, jogo de Atari 2600 da More Work Games - AntonioBorba.com

No Enduro, o adversário é um só, o carro de fórmula standard que surge em cores diferentes. Já no Rally Racer, você está no controle de um Lancia Stratos HF 73, o primeiro carro projetado exclusivamente para Rally, e vai enfrentar os adversários mais variados, entre eles: Ferrari Testarossa 84Yellow Beatle, dois tipos de motos, um quadricicloHerbie (sim, o Fusca), Time Machine (o mítico DeLorean) e outros personagens como os carros do Atari: Enduro, Indy 500 Dodge ‘Em

Cada um dos adversários se comporta de uma forma, tornando o jogo muito desafiador. De certa maneira, me lembra o clássico Pac-Man dos arcades: os 4 fantasmas têm um comportamento próprio, comandado por um tipo de algoritmo. O problema é que, na hora da ação, eu nunca lembro como é cada um deles.

Se não bastasse a dificuldade natural do Rally Racer, ainda há 4 fases para desafiar os pilotos mais corajosos: zona desérticarota noturnaplanície alagada e trilha rochosa. Entre os obstáculos, há desde o clássico buraco, diversos tipos de vegetação, pedras e rochas, cercas e lagos, além de animais.

E tem mais: cada fase possui cores e trilha sonora diferentes!

Recursos técnicos inéditos

Rally Racer, jogo de Atari 2600 da More Work Games - AntonioBorba.com

O jogo não é apenas muito bem bolado, mas possui uma excelência técnica sem precedentes, contando com alguns recursos inéditos de programação. O principal deles é referente à música, que é programada em apenas um canal, utilizando 3 elementos simultâneos (bateria, baixo e acordes). O Atari 2600 possui 2 canais de áudio e esse é o primeiro jogo em que pude perceber todas as músicas no mesmo canal. O segundo é utilizado para os efeitos sonoros, como beeps, som do motor, batida e outros.

A forma mais simples de perceber a genialidade (e aí encontra-se o motivo para a separação dos canais), é que a tecla seletora de cores/preto e branco é utilizada como um dial de rádio, permitindo ligar e desligar a música. O que pode soar como trivial para jogos modernos, certamente não era comum na época do Atari, sendo um feito de criatividade inusitado: basta desligar o rádio do carro, para prosseguir no jogo apenas com o ronco do motor e os efeitos sonoros.

Outros recursos do jogo que podem passar despercebidos por muitos são: 

  • Após ligado o cartucho, basta ligar e desligar o Atari para mudar as fases da 1 à 4, permitindo escolher a fase de início.
  • O jogo tem uma espécie de “continuar”:  se ao término do jogo pressionar o reset (“start” do Atari), as milhas que faltam para a próxima corrida aparecem no pórtico e basta prosseguir jogando!
  • Ao alcançar as milhas, aparecerá um capacete no pórtico indicando que você pode ir adiante. Pressione reset novamente e o jogo saltará para a próxima corrida daquela etapa.
  • Na última corrida de cada etapa (4ª fase), se conseguir alcançar uma quantidade de milhas, aparece o pódio. Do contrário, apenas as 3 taças das corridas anteriores. São diferentes finais, conforme o nível que cada jogador alcançou.
  • O mais surpreendente, considerando que o Atari 2600 não possui pausa, é que os programadores criaram uma e a chamaram, de forma muito contextualizada, como pit stop. Basta largar o botão de aceleração e pressionar a tecla “select” para que o carro fique piscando e o jogo seja paralisado pelo tempo que quiser (a pausa só funciona até determinado número de milhas).
Rally Racer, jogo de Atari 2600 da More Work Games - AntonioBorba.com

Esses são apenas alguns recursos do jogo, que ainda oferece 3 posições de marcha para o carro (embora automáticas), registro de trechos, odômetro, histórico de taças e sistema de navegação. Um dos sócios da empresa, Leandro Camara, que também é desenvolvedor do jogo em parceria com o programador convidado Flávio Nunez, garante que existem Easter Eggs, um para cada fase do jogo, mas não os revelou nem sob forte coação. A única pista que eu consegui obter sobre os “bônus ocultos” é a relação com as datas históricas e acrescentam milhas extras ao placar! 

Chave de ouro: prêmio Best Packaging

Rally Racer, jogo de Atari 2600 da More Work Games - AntonioBorba.com

O capricho dos sócios Darcio Prestes e Leandro Camara foi marca registrada da empresa desde o lançamento do primeiro jogo. As embalagens, no padrão de tamanho dos cartuchos da época, trazem manual em cores e inúmeros encartes em um acabamento bastante incomum para os jogos produzidos “em casa”.

Rally Racer, jogo de Atari 2600 da More Work Games - AntonioBorba.com

A comunidade mundial de colecionadores, cujo expoente é o site Atari Age, reconheceu isto através do prêmio Atari Homebrew Awards edição 2019, em que o Rally Racer venceu com sobra a categoria Best Packaging (Melhor Material Gráfico/Embalagem).

Rally Race é um jogo que tinha plenas condições de concorrer em outras categorias. Trilha sonora, jogabilidade ou gráficos, todos são pontos fortes deste game e isso é facilmente percebido ao comparar com outros homebrews existentes no mercado.

Rally Racer, jogo de Atari 2600 da More Work Games - AntonioBorba.com

Se você coleciona Atari, sugiro que corra para a fan page da More Work Games e verifique se ainda tem algum exemplar disponível de qualquer um dos dois fantásticos jogos produzidos por esta genuína “empresa de garagem” brasileira.

Enquanto o seu jogo não chega, no canal do YouTube da More Work Games, é possível assistir aos vídeos completos das 4 fases do jogo, se você não se importa com um bom spoiler.

À More Work Games, fica os meus parabéns e a eterna admiração pelo impecável trabalho, fruto de muita dedicação e paixão pelos games. Certamente, fazem parte da história do Atari 2600 no mundo.

1 comentário em Rally Racer: o Segundo Jogo Brasileiro para o Atari 2600

Outros Posts:

25/06/2015

America’s not a country. It’s just a business.

SPOILER ALERT. Este post conta o final do filme "O Homem da Máfia". Sem dúvida, este só pode ser um dos melhores fechamentos de filme da história. Estava eu sonolento, assistindo "O Homem da Máfia" (Killing Them Softly), filme de 2012, quando, de repente, me deparo com este diálogo ...

Saiba Mais

20/06/2011

Panorama do Atari e Videogames no Brasil em Entrevista à 91 Rock

O jornalista Álvaro Borba, que comanda o programa 91 Minutos da Rádio 91 Rock, me convidou para uma entrevista sobre videogames e minha coleção de Atari. Nessa entrevista, que aconteceu no dia 15/06/11, iniciamos falando sobre o que representa minha coleção em termos de números, passando po ...

Saiba Mais

Uma resposta para Rally Racer: o Segundo Jogo Brasileiro para o Atari 2600

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*