Categorias: Redes Sociais

“Motoboy chuta espelho e se dá mal” – A História


Recentemente, as redes sociais, os grandes portais e os noticiários de todo o mundo começaram a circular meu vídeo, que viralizou. Ele conta a breve história do motociclista que viveu um momento de raiva em São Paulo e se deu muito mal.

Se você quer compartilhar o vídeo, aqui vão os links oficiais:

O ocorrido foi muito simples… eu me deslocava rumo a um almoço com um cliente, em São Paulo, na sexta-feira dia 27/06. No Complexo Viário Ayrton Senna (túnel da JK), saindo na Pedro Álvares Cabral/Sena Madureira, foi onde ocorreu o acidente.

Logo antes do acidente, já havia se estabelecido uma longa discussão entre o “motociclista com conduta de motoboy” e o carro que, inadvertidamente, comeu um pouco a faixa, erro que parece cada vez mais imperdoável no trânsito de São Paulo. Ocorre que o motorista não foi displicente, tampouco invadiu a outra faixa. Tudo que ele fez foi desviar o carro um pouco do trajeto, de forma quase imperceptível, em um túnel longo em que a dirigibilidade já não é das melhores.

O “motoboy“, que sequer foi atingido, não perdoou. Iniciou uma sequência de xingamentos que foi absurda de tão interminável. Enquanto o carro se espremia junto à parede do túnel e freava, assustado, todo o trânsito para trás dos dois veículos ficou prejudicado. E eu seguia logo ali, presenciando tudo de um lugar privilegiado.

Já fazia quase um minuto que o motoboy estava xigando e acuando o motorista. Como o carro freava cada vez mais, o motoboy encostou a moto em um espaço de descanso dentro do túnel. Foi aí que eu imaginei: “vai dar merda“.

Imediatamente comecei a filmar e deu nisso. O vídeo ficou engraçado e virou símbolo para “instant karma“, ou, “lei da ação e reação“. O motoboy não se machucou seriamente, se levantou e continou xingando (acho que para não perder a “razão”). O carro seguiu, poucos metros à frente encontrou uma viatura da polícia e parou.

Claro, após atingir 1 milhão de views, eu não poderia deixar de postar uma versão comemorativa do vídeo. Chama-se “Tacale pau Marcos chutador de espelhos!” e homenageia o garotinho Marcos de SC, cujo áudio também viralizou na web, sendo utilizado para dublar inúmeros vídeos:

Na sequência, vou escrever um post para explicar mais sobre o efeito viral e como funciona o copyright na Internet. Assine o feed e fique ligado!

14 comentários em “Motoboy chuta espelho e se dá mal” – A História

Outros Posts:

16/05/2014

The Real Twin Peaks – Parte 5 – Ronette’s Bridge

Ronette's Bridge é talvez uma das vistas mais "imponentes" entre as locações de Twin Peaks. Certamente não é a mais bonita, mas sua presença é impossível de passar despercebida. Um exemplo clássico aconteceu comigo, mais de uma vez inclusive: estava dirigindo do Salish Lodge até o Twin Pea ...

Saiba Mais

25/05/2012

Como um Vírus se Instala em seu Computador

O caso da Carolina Dieckmann e seu comportamento de risco na Internet fez com que a imprensa desse amplo destaque aos perigos de sair "clicando em tudo" e navegando sem maiores cuidados. Uma das matérias foi do SBT, para a qual contribuí com várias dicas, e a outra foi do programa It's da RIC ...

Saiba Mais

14 Respostas para “Motoboy chuta espelho e se dá mal” – A História

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*