Categorias: Comportamento

Em Defesa do Rei do Camarote


Internautas unidos (principalmente através das mídias sociais) iniciaram a semana escrachando e debochando de Alexander de Almeida, o “Rei do Camarote“, assim definido por Veja São Paulo em matéria sobre os esbanjadores da balada paulistana.

Como eu posso querer defendê-lo? Bem, eu também considero ridícula a atitude de ostentação e “amigão da garotada” demonstrada por Alexander no vídeo que, por bem ou por mal, trouxe esse cidadão pitoresco para a linha de frente do escárnio nacional:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=atQvZ-nq0Go[/youtube]

Entretanto, o maior problema é que… bem, eu conheço muitas pessoas assim. Várias delas estão no meu Facebook, assim como conheço muitas mulheres que ficam se humilhando (e não percebem) para homens que bancam suas bebidas, em uma atitude que beira uma forma de “prostituição light“. Afinal, trocar sexo por dinheiro ou beijinhos por bebidas, no meu ver, representa a mesma coisa.

Então Alexander, deslumbrado ou inocente (ou ambos, você decide) apenas deu voz a milhares de pessoas que pensam como ele – e pior – agem assim porque existe público! Todo “esbanjador” tem sempre um séquito de amigos interesseiros que se aproveitam da sua vocação para otário – e sempre existem mulheres (ou homens) interessadas (os) em passar uma noite com o rei da balada, por mais insignificante que isso seja.

Portanto, 10 razões em favor de Alexander

1. Ele não é o primeiro nem o último
Existem milhares de pessoas como ele, inclusive na mesma matéria de Veja. Curiosamente, Alexander virou bode espiatório pelo fato de ter gravado o vídeo e se declarado o maior esbanjador da matéria. Sabemos que celebridades fazem isso há muito tempo, poderíamos citar dezenas de casos parecidos, bastando vasculhar as colunas sociais.

2. O jeito dele beira a ingenuidade
Talvez ele não seja inocente, mas pelo menos não tem aquele jeito de playboy curitibano que parece que anda segurando um papel no meio da bunda (nariz empinado e braços abertos), o que já deixa ele no lucro. Exemplo máximo de ingenuidade foi ele comentando sobre a “transada no banheiro” – pelo menos foi engraçado!

Alexander de Almeida - Ele parece estar se divertindo! AntonioBorba.com

3. Ele parece estar se divertindo
Não temos como culpá-lo por isso. Podemos até achar que isso é um sentimento vazio ou falso, mas existe a possibildade de que ele realmente goste dessa vida.

4. Sua sexualidade parece duvidosa
Muitos criticaram seu jeito de falar levantando questões sobre sua sexualidade – bem, eu conheço muitas pessoas que ostentam uma imagem de pura macheza mas no fundo são grandes bichas, então, talvez até nisso o Rei do Camarote esteja sendo autêntico – lembrando que até prova em contrário, trata-se apenas de especulação.

5. Ele movimento a economia
Fato incontestável – o cara realmente faz o dinheiro girar. Se ele parar de ir à balada, vai ter muito garçom e dono de casa noturna lamentando, sem contar lojas de grife.

6. Ele respeita a lei seca
Ao menos na reportagem, quem dirige seu carro após a bebedeira é o segurança. Há muitos playboys por aí que voltam da balada completamente embriagados, só não matam ou morrem por sorte. Eu conheço inúmeras pessoas assim e você deve conhecer também.

7. Há lugares e pessoas bem piores
Tem muita gente pior do que ele, a começar pelos políticos e governantes. Até prova em contrário, o cara não roubou ninguém e pode gastar seu dinheiro como bem entender. Existem vários redutos de camarotes VIP (Jurerê Internacional, anyone?) onde se reúnem bandidos e prostitutas e todos acham lindo.

08. Alexander é a versão balada de “Mulheres Ricas”
Narcisa e suas colegas fizeram o mesmo (ou pior) em rede nacional e não foram tão criticadas.

09. Ele teve coragem de falar
Isso resume tudo. Vivemos em uma sociedade na qual as pessoas são muito pouco tolerantes com relação a opiniões contrárias – veja meu post sobre Filtros Sociais – o que torna muito importante e culturalmente interessante conhecermos opiniões diversas das nossas. Tudo isso me lembrou uma antiga matéria de 2004 intitulada “As loucas baladas dos paulistinhas endinheirados“, talvez pior do que o caso do Rei do Camarote, pois mostra a realidade das drogas e da futilidade de uma sociedade movida pela aparência. O link do post remete a um site que reproduziu o texto original.

Quem estuda um pouco mais a fundo a Internet sabe que um dos maiores problemas enfrentados no mundo atual é a geração de haters – tudo que cai na boca deles é difamado incansavelmente para o azar de quem estiver por trás. Isso acontece frequentemente com meninas desconhecidas que deixam vazar fotos ou vídeos “muito íntimos“, com pessoas comuns cujas “mancadas públicas” deram o azar de viralizar e até mesmo com blogueiros famosos, para não falar de revistas como a Popular Science que se fechou a comentários e até mesmo gigantes como o YouTube, que quer acabar com comentários hostis. Leia neste post o problema do “lixo da web” e o mal que ele causa.

De fato eu me surpreendi com a repercussão das “proezas noturnas” de Alexander de Almeida – o que eu imaginava ser apenas um vídeo fútil, ridículo e divertido, se tornou a “bola da vez” em um Brasil que possui um imenso preconceito contra a riqueza (o tal do “racismo invertido“).

Portanto, nada de errado em discordar da atitude do Rei do Camarote – todos podem comentar e achar ridículo (como eu mesmo fiz), porém o claro exagero na execração pública do cidadão é um sinal de descompensação social.

E, finalmente, a razão final a favor de Alexander:

10. Ele tem dinheiro para processar todos nós
E pior, ficar ainda mais rico enquanto isso! Portanto, parem de falar do cara! 🙂

Breve histórico da tiração de sarro da segunda-feira

Possivelmente até o fim da semana essa lista vai parecer amadora, pois pela proporção que a coisa tomou, não vai parar por aí. Apenas para ilustrar o escárnio em torno do cidadão, seguem as principais paródias do dia (caso você ainda não tenha visto):

“Os 10 Mandamentos do Babaca do Camarote”
(engraçadíssima paródia)

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=dNVb7f2g5VI[/youtube]

“Os 10 gifs do Rei do Camarote”
Post do youPIX

"Os 10 gifs do Rei do Camarote" - AntonioBorba.com

“Agrega valor ao camarote”
E, como não poderia faltar, criada há dois dias, surge uma fan page
dedicada a manter viva a tiração de sarro (nada contra, faz parte do fenômeno)

Agrega Valor ao Camarote - AntonioBorba.com

 

 

 

(ok, eu confesso que também estou achando tudo isso muito divertido – rs)

4 comentários em Em Defesa do Rei do Camarote

Outros Posts:

02/03/2012

Manual Prático da VIDA

As pessoas adoram compartilhar "fórmulas" para uma vida melhor. As redes sociais vivem cheias de pequenas lições de vida com implicações morais e sociais. Frequentemente, as pessoas menos habilitadas são as que mais opinam - parecem especialistas em dar conselhos, quando a própria vida delas ...

Saiba Mais

27/03/2013

Atari Flashback 1 a 4 – Review Definitivo

Atari Flashback representa uma série de consoles dedicados lançados pela Atari a partir de 2004, aproveitando a grande era retrô/vintage que renasceu com muita força no novo milênio. Após constatar que havia uma grande geração órfã e carente de reviver os sentimentos nostálgicos dos video ...

Saiba Mais

4 Respostas para Em Defesa do Rei do Camarote

    • Antonio Borba disse:

      Só comprova que esse tipo de pessoa sempre existiu. Agora, o Adnet está cada vez mais sem graça na minha opinião. Esse quadro dele poderia ser mais engraçado se não fosse tão exagerado… e uísque com energético poderia ao menos ser em copo longo, parece que o Adnet nunca tomou um na vida. Enfim!

  1. Roberto disse:

    Em defesa ao Rei do Camarote… uma vítima? Um mártir? Ou uma grande hipocrisia da nossa parte?

    http://www.youtube.com/watch?v=xkxKE_XDuM4&feature=youtu.be

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*