Categorias: Atari

Atari Activision: Coleção Completa


A Activision foi a fabricante responsável por transformar o Atari na marca dos sonhos de milhões de crianças, adolescentes e adultos na década de 80. A história da empresa é curiosa, e revela muito a respeito de todo o mercado de videogames.

Completar a coleção dos jogos da Activision é um dos primeiros objetivos de um colecionador. Afinal, quem não lembra de alguns dos maiores clássicos da história dos videogames? Jogos como Enduro, River Raid, Pitfall! e H.E.R.O., entre outros, são considerados por muitos como os melhores do Atari.

Atari Activision - Coleção Completa - AntonioBorba.com

Recentemente, eu completei a minha coleção de Activision com todos os jogos únicos completos na caixa. São 65 cartuchos, sendo:

  • 33 games únicos Standard Label + 5 variações, todos completos
  • 12 games únicos Special Label, todos completos
  • 15 games Blue Label, avulsos. Os Blue Label são jogos da série Standard com rótulos alternativos.

Completar a coleção de cada fabricante, se possível em versão completa na caixa, é o atual objetivo que estou perseguindo em minha coleção. Aos poucos, conforme vou completando cada série, estou migrando as fotos em alta resolução para meu Flickr:

Uma Breve História da Activision

A Activision é uma empresa que surgiu de um racha na Atari ocasionado por supostos “gênios do marketing” oriundos de uma empresa de comunicação. Fundada em 1972, a Atari foi comprada em 1976 pela Warner Communications, proprietária dos quadrinhos DC Comics e da revista MAD, entre outras.

A gestão da Warner se revelou gananciosa e desastrosa. Tratando os desenvolvedores de games como peças descartáveis, consta que a empresa determinava os jogos a serem produzidos não a partir de ideias mas tão somente a partir de títulos que seus analistas de maketing consideravam “comerciais”.

Em 1979, alguns dos melhores programadores da Atari, responsáveis por metade dos jogos da marca, saíram da empresa e fundaram a Activision, valorizando os criadores dos games. Os manuais eram fabricados contendo uma página dedicada ao desenvolvedor do jogo, explicando um pouco a respeito do conceito e incentivando os jogadores a enviarem fotos dos seus recordes em troca de um patch.

Em 1982, quando o mercado de videogames já entrava em decadência, próximo ao grande crash da indústria, a Activision se destacava como nunca e continuava produzindo excelentes títulos, como o próprio Pitfall!. Como ocorre com todo console, os melhores jogos sempre surgem após certo tempo de mercado, quando os programadores aprendem a tirar o máximo de recursos do hardware disponível.

O mais interessante é que a Activision foi a primeira empresa do mundo a fabricar jogos independentes para um console. Até então, a Atari fabricava seus próprios jogos, a Magnavox (Odyssey) também, e assim por diante. Na época, não existia um modelo de licenciamento altamente rentável como hoje, através do qual o desenvolvedor necessita pagar royalties ao fabricante do console, como ocorre com Sony, Microsoft e Nintendo.

A Activision abriu as portas para inúmeras empresas que enxergaram, neste mercado isento de licenciamento oficial, uma grande oportunidade financeira. E assim surgiu a segunda empresa independente, a Imagic, e muitas outras que seguiram. A grande maioria quebrou rapidamente, pois o mercado já estava próximo a um colapso, devido ao excesso de ofertas e encolhimento da demanda.

A Coleção Activision

Os jogos mais clássicos da marca são aqueles conhecidos como Standard Label, que foram produzidos a partir de um template muito similar aos jogos Picture Label da Atari: caixas coloridas e cartuchos cujos rótulos continham uma tela do jogo:

Atari Activision - Coleção Completa Standard Label - AntonioBorba.com

Exatamente 33 títulos compõem esta série. A minha coleção contém 5 títulos a mais, repetidos, porém com variação de cor ou padrão da caixa (consulte meu Flickr para saber mais a respeito).

Em seguida, temos a série especial da Activision (Special Label), que contém caixas fotorrealistas e jogos mais elaborados (não necessariamente melhores). Esta série é composta por 11 títulos, que eu complementei com um jogo extra: Ghostbusters II – na verdade, um licenciamento da marca, lançado apenas na Europa.

Atari Activision - Coleção Completa Special Label - AntonioBorba.com

Entre os títulos da série especial, encontram-se alguns dos mais raros da Activision, como Beamrider e Cosmic Commuter (este último, de longe o mais difícil de colecionar em sua versão completa). Notavelmente, dois dos melhores jogos já feitos para o Atari estão presentes nesta seleção: H.E.R.O. e Pitfall II, sem descartar outros títulos interessantes como Private Eye, Double Dragon, Kung-Fu Master, Rampage, Commando, River Raid II e Ghostbusters.

Nesta foto, é possível perceber a diferença entre as séries Standard e Special, comparando River Raid com River Raid II:

Atari Activision - River Raid e River Raid II - AntonioBorba.com

Já os rótulos azuis – Blue Label – foram versões mais econômicas dos mesmos jogos da série Standard, relançados com rótulo monocromático para economizar custos. As caixas, curiosamente, se mantiveram idênticas. Por este motivo, eu optei por colecionar somente os jogos avulsos da série, mantendo-os como variações:

Atari Activision - Coleção Completa Blue Label - AntonioBorba.com

Nesta linha, eu ainda considero como parte da coleção 3 jogos da Imagic, empresa irmã da Activision, pois foram fabricados seguindo o mesmo layout. Os jogos são: Atlantis, Demon Attack e Moonsweeper.

A minha série preferida continua sendo a primeira lançada pela marca, a Standard. O tema das caixas coloridas e rótulos simpáticos exibindo a tela do jogo definem a verdadeira essência do layout clássico da Atari.

Ao dar ênfase a esta vertente da coleção, acabei me deparando com verdadeiras raridades. Por exemplo, um exemplar praticamente único do jogo Pitfall!, impresso em um verde mais parecido com o do Enduro, em vez do tradicional musgo característico da embalagem original:

Atari Activision - Pitfall! e Enduro - AntonioBorba.com

Este tipo de variedade não é perseguida por todo colecionador. Entretanto, eu considero este tipo de variação como ocupando um lugar de destaque no conjunto.

Quer relembrar os jogos da Activision? Confira nestes posts alguns dos melhores:

9 comentários em Atari Activision: Coleção Completa

Outros Posts:

22/01/2014

Garmin GPS Fitness: Quais as Diferenças entre o FR610 e o FR620?

Recentemente, eu escrevi um post sobre o novo GPS da Garmin para Fitness, o Forerunner 620, que possui métricas avançadas através do sistema HRM-Run. Um dos principais públicos para um equipamento topo de linha é sempre o proprietário do modelo anterior, que ficará ávido para fazer o upgr ...

Saiba Mais

16/03/2011

Viver é Fotografar?

Em meu post anterior, O Poder da Gravação, discorri sobre a compulsão das pessoas em colecionar, gravar e documentar. Entre as maiores compulsões do ser humano moderno está o hábito de fotografar e filmar. Hábito que só aumenta, afinal celulares filmam e fotografam, as câmeras de fotografia ...

Saiba Mais

9 Respostas para Atari Activision: Coleção Completa

  1. Pingback: Atari 7800: Coleção Completa | Antonio Borba

  2. Matheus disse:

    Olá
    Queria saber se você já tentou falar com os atuais executivos da Atari Inc, como o CEO Frédéric Chesnais, me parece que eles são muito fechados nas entrevistas a imprensa, nunca dizem ao certo se vão ou não entrar no mercado de hardware, você sabe alguma coisa sobre isso? Já tentou comunicar com eles?
    Parabéns pela coleção! É impecável..

    • Antonio Borba disse:

      Olá Matheus, valeu! Nunca tentei, nem tive interesse, mas tenho um amigo que já conseguiu algumas, ele inclusive publicou através de uma revista digital – confira http://www.jogos80.com.br/ – porém estamos falando dos executivos das “antigas”, não da Atari atual, que não tem nada a ver com o que foi.

      • Matheus disse:

        Entendo…
        Também acho que a Atari Inc atual não tem muita coisa de proveito, me parece que eles não sabem o que estão fazendo, sempre fazendo jogos que não chamam a atenção, agora estão fazendo jogos de aposta com os IPs clássicos, olha só que pecado, Asteroids centipede e breakout já estão desgastados de tanto que eles usam em diferentes meios, vai saber o que se passa pela cabeça do Frédéric Chesnais… Gostaria mesmo que um dia eles lancem grandes jogos e que seja o suficiente para que eles voltem a competir com os melhores como a própria Activision. E que parem de ficar licenciando a marca pra aquela At Games que faz aqueles consoles Flashback, que não valoriza a tradição da marca.

  3. Christian disse:

    Parabéns Antônio.

    De vez em quando te encho come-mails para tirar dúvidas de atari, afinal você é uma referência.

    Gostei muito da matéria, como também coleciono coisas relacionadas a atari, agora sei quais e quantos jogos foram lançados.

    Um grande abraço

    Christian

  4. Marino disse:

    Muito bom Antônio.
    Obrigado por compartilhar.
    Sempre me referencio na tua coleção para comentar sobre Atari com os amigos.
    Parabéns.
    Marino Mux

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*