Categorias: Atari

Toyshop Trouble – Homebrew Viciante para o Atari 2600


Homebrews é como chamamos os jogos modernos desenvolvidos para o Atari 2600. Para muitas pessoas pode ser uma surpresa descobrir que hoje, quase 40 anos depois da fabricação do primeiro videogame Atari, existam pessoas que se dedicam a desenvolver novos jogos para a plataforma. Entretando, há dezenas de entusiastas que se dedicam a isso – não como principal atividade, mas como hobby e por amor aos videogames. E ainda é possível ser pago por isso – através da loja da AtariAge, comunidade dedicada a Atari e videogames clássicos, pode-se perceber que existem pelo menos 80 homebrews à venda, somente para o Atari 2600.

Com os recursos atuais disponíveis aos programadores, é possível desenvolver jogos ainda melhores do que aqueles que existiam nos anos 80. Mesmo assim, é muito difícil superar a jogabilidade dos velhos clássicos. Embora eu não conheça todos os homebrews, nenhum havia despertado minha atenção até o momento. Por acaso comprei de segunda mão os homebrews das edições natalinas da AtariAge de 2005 e 2006 – Raindeer Rescue e Toyshop Trouble, respectivamente:

Raindeer Rescue e Toyshop Trouble - Homebrews Atari 2600 - AntonioBorba.com

Uma grata surpresa se seguiu – Toyshop Trouble é, de fato, um dos melhores jogos disponíveis para o Atari 2600. Lembrando em muito a jogabilidade do Pressure Cooker, um dos meus jogos preferidos que exige a montagem de hambúrgueres em determinada ordem, Toyshop é completamente original e, assim como Pressure Cooker, exige um raciocínio apurado em fases que nunca se repetem – pois há sempre um fator aleatório na composição de cada uma.

O game consiste na seguinte premissa: você é um ajudante de Papai Noel que tem a incumbência de salvar o Natal, para isso devendo pintar os brinquedos com a cor certa. Isso pode exigir uma ou duas cores, que podem inclusive demandar a pintura em determinada ordem! Na prática, as fases crescem em dificuldade enquanto o número de brinquedos aumenta e exige que você decore as cores de cada um, devendo aproveitar cada vez que se desloca para pegar determinada cor de tinta para pintar o maior número de itens daquela cor, do contrário o tempo pode se esgotar:

Toyshop Trouble - Homebrew Atari 2600 - AntonioBorba.com

As 8 cores de tinta e inúmeros brinquedos oferecem desafio mais do que suficiente para mantê-lo ocupado por muitas horas. Há um desafio adicional que exige certa dose de coordenação para conseguir cumprir as tarefas no tempo previsto: é necessário correr (segurar o botão do joystick). Ocorre que, propositalmente, o botão é utilizado para dar uma camada de tinta nos brinquedos. Portanto, ao correr e passar por cima dos itens, você estará pintando-os automaticamente.

Acompanhe o vídeo que gravei demonstrando as fases 14 e 15 para entender o funcionamento do game (e desculpe pela tela torta):

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=5lpzynrPwhY[/youtube]

Interessou? O Toyshop Trouble está disponível para compra através da AtariAge.

6 comentários em Toyshop Trouble – Homebrew Viciante para o Atari 2600

Outros Posts:

23/03/2011

Índio Quer Comprar

A economia está em alta e há falta de mão-de-obra para preencher diversas vagas, das mais básicas às mais especializadas. Ainda assim, o empresário brasileiro vende menos do que pode devido à mentalidade tacanha de boa parte deles, somada à tendência atual de reduzir os estoques. Parece qu ...

Saiba Mais

18/05/2012

Comportamento de Risco na Internet é o Mesmo que Transar sem Camisinha

O título do post é longo, mas é isso mesmo que eu quero dizer. A história da Carolina Dieckmann mobilizou a imprensa e a opinião pública. Muitos dizem que seria excelente se os corruptos, pedófilos e outros bandidos fossem punidos com a eficiência destinada aos pseudo-hackers que divulgaram ...

Saiba Mais

6 Respostas para Toyshop Trouble – Homebrew Viciante para o Atari 2600

  1. Ricardo biancalana disse:

    Bom dia Antônio,tenho um cartucho cce label color com o jogo Enduro mas o label do cartucho é o Mission só que colado invertido,tudo original nunca mexido,você tem conhecimento de outro deste?abraços

  2. Gustavo disse:

    Legal Antônio. Vc saberia dizer onde poderia aprender a fazer isso? Um abraço

  3. Gustavo disse:

    Olá Antônio, tudo bem?
    Estou curioso e gostaria de saber como é possível uma pessoa fabricar jogos de cartuchos antigos. O enduro, por exemplo. Estou vendo uma pessoa vender esse cartucho, não original, novinho em folha.
    Um abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*