Arquivos do Mês: novembro 2013

Corrientes 348 – O Novo Melhor Filé à Parmegiana de Curitiba

No início do ano, eu elegi o Mangiare Felice como casa do melhor Filé à Parmegiana de Curitiba em empate técnico com o Pizzicatto, após pesquisar as principais cantinas da cidade.

Recentemente, o Corrientes 348 me surpreendeu. Um restaurante argentino que abriu há poucos meses em Curitiba, o Corrientes já existe em São Paulo e Brasília.

Em minha primeira visita à casa experimentei o Corte 348, recomendado pelo garçom por ter pouca gordura, e gostei muito principalmente do ponto da carne. É raríssimo, se não impossível, encontrar por aqui uma casa de carnes que consiga fazer um corte legitimamente mal passado – parece que só conhecem o “ponto menos“. Afinal, o mal passado autêntico deve ser retirado do fogo no exato momento em que a carne deixa de ser crua. Como isso é muito difícil de controlar, o mais comum é recebermos uma carne crua ou passada do ponto, mas nunca no mal passado como deve ser.

O Corrientes acertou o ponto que pedi. É bem verdade que precisei solicitar para passar um pouco quando recebi o corte, pois de fato a carne estava crua. Mas o surpreendente é que a cozinha entendeu meu pedido de “apenas um pouco” e devolveu a carne na medida ideal. Isso, somado ao ótimo atendimento, nada comum em Curitiba, me levou a prestar atenção na casa. E não pude deixar de notar no cardápio a presença de certo “Filet à Parmegiana de Alcatra Argentina“, o que me deixou muito curioso.

Filé à Parmegiana do Corrientes 348 - AntonioBorba.com (mais…)

7 comentários em Corrientes 348 – O Novo Melhor Filé à Parmegiana de Curitiba
Categorias: Comportamento

Em Defesa do Rei do Camarote

Internautas unidos (principalmente através das mídias sociais) iniciaram a semana escrachando e debochando de Alexander de Almeida, o “Rei do Camarote“, assim definido por Veja São Paulo em matéria sobre os esbanjadores da balada paulistana.

Como eu posso querer defendê-lo? Bem, eu também considero ridícula a atitude de ostentação e “amigão da garotada” demonstrada por Alexander no vídeo que, por bem ou por mal, trouxe esse cidadão pitoresco para a linha de frente do escárnio nacional:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=atQvZ-nq0Go[/youtube]

Entretanto, o maior problema é que… bem, eu conheço muitas pessoas assim. Várias delas estão no meu Facebook, assim como conheço muitas mulheres que ficam se humilhando (e não percebem) para homens que bancam suas bebidas, em uma atitude que beira uma forma de “prostituição light“. Afinal, trocar sexo por dinheiro ou beijinhos por bebidas, no meu ver, representa a mesma coisa.

Então Alexander, deslumbrado ou inocente (ou ambos, você decide) apenas deu voz a milhares de pessoas que pensam como ele – e pior – agem assim porque existe público! Todo “esbanjador” tem sempre um séquito de amigos interesseiros que se aproveitam da sua vocação para otário – e sempre existem mulheres (ou homens) interessadas (os) em passar uma noite com o rei da balada, por mais insignificante que isso seja.

Portanto, 10 razões em favor de Alexander

(mais…)

4 comentários em Em Defesa do Rei do Camarote

Outros Posts:

01/02/2014

Atari – Anatomia de um Lote Familar

Como colecionador de Atari, eu estou frequentemente comprando lotes de videogames - seja para aprimorar minha coleção ou mesmo revender a amigos que me procuram em busca de um console para reviver momentos de nostalgia. Mesmo após 10 anos colecionando, alguns lotes ainda conseguem chamar minha ...

Saiba Mais

27/09/2013

Y: Geração de Fracassados em Potencial?

O título deste post pode parecer estranho e chocante para as pessoas que consideravam, até pouco tempo atrás, a tão falada Geração Y como símbolo de sucesso, composta por jovens supercapazes, superantenados e multitarefas, capazes de ver TV, acessar a web e ouvir música, tudo ao mesmo tempo ...

Saiba Mais